Engraçado tentar se achar na confusão,e se perder com a certeza.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Tem vez que as estrelas brilham menores
Parece que todas as luzes daqui até os confins vão se apagar
E que o mundo e toda a vida nele serão tragados pelo escuro
E então, será o fim.
É um trabalho árduo e de extrema paciência
Toda noite, ergo as mão ao céu
E uma a uma, estico a luz das estrelas